Comunicação

Gestão de SST na Indústria 4.0

Com as inovações tecnológicas que vêm transformando o cenário profissional, o campo da Saúde e Segurança no Trabalho (SST) não pode deixar de acompanhar essas mudanças. Nesse sentido, a situação da SST na Indústria 4.0 é um aspecto que merece atenção por parte dos gestores.

Para uma boa gestão de SST, é importante entender quais são os impactos dessa nova revolução industrial para o trabalhador, principalmente no que se refere aos riscos a que eles estão expostos. A partir disso, podem ser tomadas as medidas necessárias para prevenir e minimizar esses riscos.

Como a tecnologia influencia a atuação do trabalhador?

As novas tecnologias estão cada vez mais presentes na indústria. Inovações como drones, robótica e inteligência artificial, entre várias outras, trazem uma série de vantagens que não devem ser desconsideradas. Ao mesmo tempo, é natural que surja receio, por parte dos trabalhadores, de que eles possam ser substituídos.

No entanto, a verdade é que a mão de obra humana não vai se tornar desnecessária, o que muda é a forma como ela atua na era da Indústria 4.0. Assim, os profissionais precisam se adaptar às inovações para trabalhar em conjunto com elas.

Quais são os riscos para os trabalhadores?

Essas adaptações, que precisam ocorrer nas empresas que pretendem se manter atualizadas, transformam a lista de riscos aos quais os trabalhadores são expostos. Embora as novas tecnologias tenham o potencial de facilitar certas funções, contribuindo para a saúde do trabalhador, elas também podem ser a causa de alguns problemas.

Os fatores psicossociais, por exemplo, são um dos principais motivos de afastamento do trabalho na Indústria 4.0. Isso, porque os profissionais que já estão no mercado há vários anos têm mais dificuldade em se adaptar à nova forma de exercer suas funções, o que resulta em um conflito homem-máquina.

A interação com as novas tecnologias pode ainda provocar acidentes e lesões por esforço repetitivo, entre outras patologias. Por isso, a implementação desses recursos precisa ser acompanhada por um plano de ação para reduzir os riscos à saúde e segurança do trabalhador.

Como as empresas podem cuidar da SST na Indústria 4.0?

Uma das medidas que as empresas devem tomar é a conscientização do trabalhador. O profissional deve ser preparado, por meio de treinamentos, para lidar com as tecnologias no ambiente de trabalho. Com as devidas orientações, é possível evitar o impacto negativo no aspecto emocional, diminuindo o nível de estresse e contornando os maiores desafios de SST na Indústria 4.0.

Outra providência fundamental é cuidar da prevenção de acidentes. Nesse quesito, a tecnologia é uma aliada importante. Um exemplo são os sensores que podem ser instalados para controlar o acesso de pessoal em áreas de risco. Além disso, existe a possibilidade de monitorar os ambientes de forma mais eficaz, prevendo e reduzindo os riscos.

Portanto, fica evidente a importância de realizar uma boa gestão de SST na Indústria 4.0, especialmente enquanto a empresa passa pelo período de transição com a implementação de novas tecnologias. Assim, a segurança e a saúde dos trabalhadores serão preservadas para que todos, tanto eles quanto a corporação, sejam beneficiados.

 

Portal B2B, por Renato Xavier, gerente de operações