Comunicação

Inovações na construção civil para 2019

Estamos chegando ao fim de 2018 e está na hora de concluir o planejamento para o próximo ano. Para não ficar para trás, é preciso se manter a par das inovações na Construção Civil, também como uma preparação para o futuro.

A expectativa é que o setor volte a crescer em 2019, aumentando a competitividade na indústria da construção, então, é essencial que as empresas da área direcionem suas ações para garantir sua fatia do mercado. Produtividade, mais segurança nos canteiros e aumento do lucro são alguns dos benefícios trazidos por essas inovações.

Acompanhe as tendências na Construção Civil que poderão tomar conta do cenário nos próximos anos:

  1. Mais impressão 3D e uso de drones

 

A tecnologia é sempre o futuro e, na construção civil a impressão 3D e o uso de drones são tendências.

Apenas há alguns anos, a impressão 3D era uma tecnologia nova, usada para criar modelos plásticos básicos. Hoje, suas aplicações incluem a construção de casas de concreto, em alguns lugares do mundo, como a China. É natural que os gestores de construção explorem essa opção, já que a concorrência acirrada e a redução das margens de lucro forçam as inovações.

No outro extremo, os drones eram considerados pouco mais que brinquedos. Agora, estão sendo usados ​​para pesquisar áreas remotas em projetos de construção, entre outras coisas. Os drones permitem que os gestores de obras pesquisem de maneira mais eficiente os locais que são de difícil acesso, devido ao seu tamanho ou acessibilidade.

 

  1. Aumento da popularidade de estruturas pré-fabricadas

 

Espera-se o crescimento da tendência do uso de estruturas modulares e pré-fabricadas. A pré-fabricação percorreu um longo caminho, nos últimos anos, e não se limita mais a projetos simples. Os principais arquitetos estão se envolvendo neste negócio. Da mesma forma que o uso da impressão 3D, as estruturas pré-fabricadas e modulares podem ajudar os gestores a enfrentar margens de lucro decrescentes e buscar formas inovadoras de reduzir os custos de construção (e aumentar os lucros).

 

  1. Maior ênfase em projetos verdes

 

O verde é uma tendência que já vem ganhando espaço, há alguns anos, e a expectativa é que continue a crescer em 2019. A sustentabilidade ambiental se tornou um tema quente de discussão, nos últimos anos, e veremos o foco nos benefícios ecológicos dos projetos de construção aumentar, bem como uma maior ênfase nos benefícios financeiros. Espera-se ver modelos de negócios cada vez mais verdes!

 

  1. A IoT chegará para revolucionar o trabalho no canteiro

 

A Internet das Coisas, também conhecida como IoT, Internet of Things, agrupa diversos aspectos da tecnologia aplicada à construção, incluindo o rastreamento de equipamentos e funcionários, tecnologias vestíveis e outras informações coletadas no local de trabalho. Como a busca para reduzir os custos e melhorar a eficiência continua, muitos estão se voltando para as opções de IoT para melhorar as operações no canteiro de obras.

As tecnologias vestíveis, por exemplo, podem rastrear os trabalhadores no campo e garantir que eles estejam protegidos contra acidentes. Outro exemplo é o uso de sensores nos equipamentos para monitorar se as máquinas precisam ser reparadas.

A tendência é combinar a IoT com o Business Intelligence — uso de dados para melhora na tomada de decisão. Assim, a coleta de dados será feita em uma central onde gestores poderão acompanhar tudo em tempo real e tomar decisões inteligentes com base nas informações.

 

  1. Melhorias na segurança

 

A construção continua apresentando situações de risco para os trabalhadores. Felizmente, as inovações estão enfrentando esse desafio de frente. Uma série de conceitos inovadores está proporcionando maneiras novas e interessantes de mitigar os riscos de segurança no local de trabalho.

Os drones podem ser usados ​​para tornar os locais de construção mais seguros, realizando inspeções e mantendo os trabalhadores fora das áreas de difícil acesso, assim como existem opções de software com foco em segurança, com apps dedicados a realizar inspeções de locais e auditorias de segurança, que fazem a detecção de possíveis quedas e envia alertas para contatos de emergência.

 

  1. Ainda mais uso da tecnologia BIM

 

Ainda estão sendo adicionadas novas opções e funcionalidades ao diretório de softwares de gerenciamento de construção, e não há sinais de desaceleração nesse movimento. Uma dessas é aumento do uso da tecnologia BIM.

Em 2019, mais empresas de software produzirão suas próprias opções de gerenciamento de construção, buscando atender às crescentes necessidades dos gestores que desejam organizar melhor seus projetos por meio dessa tecnologia.

 

Fonte: Portal Pré Fabricar