Cultura e Lazer para empresas | Abertura

O desenvolvimento da indústria da construção só será pleno com o desenvolvimento pessoal e profissional de seu contingente. Por esse motivo, os programas de cultura, lazer, educação e cidadania do SECONCI refletem a preocupação da entidade com a melhoria contínua dos serviços prestados pelas empresas de construção, oferecendo oportunidades de qualificação para a mão de obra do setor, em todos os níveis.

Visite, periodicamente, a agenda deste site. Não se esqueça de divulgar as ações entre seus empregados. Uma boa dica é imprimir a programação mensal e fixá-la nos murais dos canteiros de obra e escritórios da sua empresa.

Campeonato de Futebol Cidadão da Construção Bate um Bolão

seconci_Torneio-de-futebol

 

 

 

Orientações para a pré-inscrição:

1- Encaminhar, no período de 02/05 a 17/06/16, para o e-mail biblioteca@seconci-rio.com.br os seguintes dados:

– Razão Social da empresa;

– CNPJ;

– Nome completo do coordenador/técnico;

– Nº da carteira do SECONCI do coordenador/técnico;

– Telefone celular e fixo do coordenador/técnico;

– E-mail do coordenador/técnico.

2- Ler atentamente o regulamento do campeonato 2016.

3- Prestar bastante atenção à documentação descrita no Art. 12º do regulamento 2016. Na falta de algum documento a empresa não poderá participar do campeonato.

4- Entregar toda a documentação constante no Art. 12º do regulamento até o dia 01/07/16, no espaço cultural da sede do SECONCI, na Rua Pará, 141 – Praça da Bandeira, de segunda à sexta-feira, das 8 às 17h.

 

ARQUIVOS PARA DOWNLOAD

REGULAMENTO 2016

ANEXO I FICHA INSCRIÇÃO

ANEXO II TERMO CONCORDANCIA

ANEXO III QUESTIONÁRIO DE PRONTIDÃO FÍSICA

ANEXO IV UNIFORMES

 

——————————————————————————————————

 

O campeonato de futebol de 2015 teve a Construtora Fernandes Maciel como campeã. Já o segundo lugar ficou com a Dominus Engenharia, e a Cofix garantiu o terceiro.

Foram arrecadados 314kg de alimentos, sendo  1 kg doado por cada atleta. As empresas, ao se inscreverem, indicam uma instituição a ser beneficiada, em caso de vitória.

A instituição beneficiada nas duas rodadas foi o Centro de Recuperação Resgatando Vidas, em São Gonçalo.

Atividades esportivas são práticas saudáveis, que estimulam a convivência e troca de experiências.

É esse o propósito do Torneio de Futebol SECONCI-RIO, disputado anualmente, entre times formados por trabalhadores que vestem, literalmente, a camisa de suas respectivas empresas, no maior evento esportivo da construção civil carioca.

Se na sua empresa existe um time de craques, marque este golaço, garantindo a participação de sua empresa no próximo torneio.

Informe-se através do telefone 2101-2555, Espaço Cultural.

Para participar do “CIDADÃO DA CONSTRUÇÃO BATE UM BOLÃO”, os integrantes devem ser trabalhadores das empresas contribuites ao SECONCI-RIO.

Espaço Cultural Itinerante

O Projeto Espaço Cultural Itinerante chega aos canteiros de obras dando um banho de conhecimento e cultura.

Um contêiner que reúne galeria de exposições, laboratório de informática e biblioteca com um acervo de 70 livros. É instalado gratuitamente no canteiro de obras das empresas contribuintes por 30 dias.

O projeto inclui também um mapeamento da escolaridade de todos os trabalhadores, com ações de sensibilização para o retorno aos estudos, além de oficinas de informática.

Para agendar a ida do Conteiner ao seu canteiro de obras, entre em contato com o setor de Espaço Cultural pelo telefone 21012555.

Educação Básica

Para os trabalhadores que desejam dar continuidade aos estudos e ter a oportunidade de crescer profissionalmente, o Espaço Cultural do SECONCI-RIO pode ajudar! Entre em contato conosco que localizaremos uma instituição de ensino, da rede pública, próxima ao seu canteiro de obras ou a sua residência, para seu reingresso à educação básica.

Há ainda uma parceria com o Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro, para aqueles que estudaram até o 5º ano incompleto (antiga 4ª série) e desejam estudar de forma presencial. Além de terem a oportunidade de estudar em um colégio público de qualidade, poderão cursar até o Ensino Médio (antigo Segundo Grau), com direito a jantar e Rio Card. Não perca esta oportunidade!

(mais…)

Passeios Culturais

Com o intuito de levar o trabalhador da Construção Civil a sair de sua rotina cansativa, além de proporcionar momentos de lazer com sua família, o SECONCI-RIO promove Passeios Culturais aos diversos atrativos turísticos do Rio de Janeiro, a preços especiais.

Veja abaixo detalhes do próximo passeio.

Biblioteca Itinerante

Pequenos módulos de 80x80cm, com títulos de diversos gêneros literários, são instalados gratuitamente nos canteiros de obras, facilitando o acesso do trabalhador ao conhecimento e incentivando a prática permanente da leitura. Através desta iniciativa, o caminho à cultura e ao conhecimento fica mais simples e rápido.

Na inauguração é apresentada uma esquete teatral retratando a importância do conhecimento, com o intuito de despertar nos funcionários o interesse pela leitura.

A cada 30 dias, um trabalho de estímulo à leitura é realizado, através do Projeto Reforça Leitura, por profissional que desenvolve rodas de leituras entre os trabalhadores. A troca dos títulos também é renovada, a fim de propagar o interesse pela leitura.

Para agendamento:
Para solicitar a instalação de um módulo da Biblioteca Itinerante em sua empresa, entre em contato através do e-mail espacocultural@seconci-rio.com.br ou pelo telefone 2101-2555, ramal 2608!

Arte na Obra

Canteiros de obra também são espaços abertos às novas possibilidades, pensando nisso, o SECONCI-RIO leva aos canteiros, gratuitamente, esquetes teatrais educativas, que investem na qualificação profissional ou conscientização em saúde e segurança, de maneira preventiva.

Sabendo das dificuldades de locação e prazos que toda obra é obrigada a cumprir, as esquetes teatrais são apresentadas em qualquer localidade, sem necessidade de montagens de palco, fios, caixas de som ou microfones. Quanto a duração, cada uma das esquetes dura em média 15 minutos, no máximo. Seguem os temas, para livre escolha:

  • “Antes só que mal acompanhado”- DST/AIDS
    Abordagem: O personagem Zé Esteves marca com a nova namoradinha aquela saidinha e sem se preocupar com a saúde, deixa claro que não vai deixar “passar a gata” e mesmo não tendo preservativos, vai levá-la ao motel… o que ele não contava era que seus planos fossem interrompidos por seu próprio “pinto”(um ator vestido com uma roupa que lembra um pinto gigante), que resolve ir embora protestando pela saúde de seu dono.

 

  • “Lugar de lixo é na lixeira” – COMPORTAMENTO
    Abordagem: O personagem Jupiraci da Silva sempre acreditou que era “mais um na multidão”, e com esse pensamento, levava a vida alheio aos “detalhes”. A maneira como se vestia, como cuidava da aparência, como falava e agia com as pessoas, fosse na rua ou no trabalho, como se comportava, eram para ele, coisas que não incomodavam e não diziam respeito a ninguém… Um “belo dia” ele se dá conta de que por mais que ele mudasse de endereço (emprego), muitas coisas permaneciam exatamente iguais, o que o fez perceber que parte da culpa pelos problemas que o acompanhava, eram de sua responsabilidade… Propõe a reflexão sobre a maneira de se comportar perante a sociedade como um todo, principalmente no ambiente de trabalho. Tópicos como a educação, higiene e honestidade, são abordados de forma direta nesta esquete, sem perder o bom humor da linguagem do teatro.

 

  • “Protegildo e Previnildo” – SEGURANÇA DO TRABALHO/EPI
    Abordagem: Dois “professores-cantores”, Protegildo e Previnildo, dão uma aula bem diferente, sobre segurança e proteção, a fim de despertar nos funcionários a atenção que devem dar aos equipamentos de proteção individual e coletiva, importantes para sua saúde e prevenção de acidentes.

 

  • “Encontro Marcado” – ALCOOLISMO/TABAGISMO
    Abordagem: Propõe o encontro de um operário, Valdir, com o sua própria “morte”. Mostra a importância de reconhecer o problema do alcoolismo e buscar um tratamento e os males causados pelo cigarro e como ele prejudicou a sua vida. Propõe uma reflexão sobre os danos causados à saúde e a importância de se abandonar o vício. Peça cômica que se baseia no diálogo do Sr. Morte com Valdir e descreve ao longo do diálogo todas as enfermidades oriundas do vício, e acaba por fazer Valdir valorizar sua vida.

 

  • “O Fim da Picada” – DENGUE
    Abordagem: O ator aparece caracterizado de Mosquito e pretende “picar geral”, ele anuncia sua intenção e é interrompido por um suposto super-herói, representando todas aquelas atitudes que cada um de nós pode tomar para evitar a disseminação da doença.

 

  • “Mão: Minha Maior Ferramenta” – SAÚDE DAS MÃOS
    Abordagem: Um trabalhador irresponsável e desatento, terá seu dia transformado, ao se deparar com um personagem “pra lá” de inusitado: um vendedor de mãos. Ele traz em sua “maleta” mãos pra “todos os gostos”, prensada, cortada, queimada, esmagada, amputada… Sendo o ponto de partida para uma discussão bem humorada desse assunto tão sério: O cuidado com uma das maiores ferramentas humanas, as mãos.

 

  • “A Natureza Agradece” – MEIO AMBIENTE
    Abordagem: Antônio Cimento é um tipo rústico de roupas extravagantes, ele não está nem aí para as questões ambientais e prega a campanha: “verde não te quero mais”, a desculpa para entrar em cena é a tentativa de fazer o famoso corpo a corpo com os eleitores, o que ele não contava era que entre estes estivesse presente uma “árvore falante”, uma verdadeira representante do meio ambiente, disposta a despertar não só nele, como na plateia, a consciência ecológica… será que o pé de Jabá-Rei (a árvore) vai conseguir?

 

  • “Quando fala o coração” – DOENÇAS CARDÍACAS
    Abordagem: Como o próprio nome sugere, quem fala neste esquete é o próprio coração. Um dos atores, trajando a roupa do órgão irá se defender diante do “dono”, segundo ator, contra os maus-tratos… Alimentação rica em gorduras, sedentarismo, tabagismo, excesso de açúcar e as doenças provocadas por atos irresponsáveis, são alguns dos tópicos retratados neste esquete.

 

  • Cordel” – APRESENTAÇÃO DE CORDEL
    Abordagem: Dois companheiros relatam a história cotidiana de um casal, toda em forma de cordel. Diversos temas são apresentados.

 

  • “Quando o olho não vê é o corpo que sente” – CUIDADOS COM OS OLHOS
    Abordagem: Atanásio é um trabalhador afastado do trabalho por 15 dias por ter se acidentado. “Hoje”, ele finalmente retirou os curativos e vem até os colegas agradecer todo apoio e palavras de solidariedade durante o longo período que esteve afastado. Além do trabalho, por conta da gravidade da lesão nos olhos, Atanásio ficou impossibilitado de fazer coisas simples como escrever pra esposa, Lucrécia, como fazia regularmente.

 

  • “Os inimigos do peito” – ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL
    Abordagem: Um desentendimento entre as principais veias do coração. De um lado, a Aurícula, e do outro, o Ventrículo, levantando questões importantes quantos aos cuidados necessários para manter saudável o Sistema Cardiovascular através, principalmente, de uma alimentação saudável.

 

  • “Mantenha a calma” – PRIMEIROS SOCORROS
    Abordagem: Uma dupla bem atrapalhada “invade” o ambiente de trabalho, carregando nos braços uma boneca que eles acreditam se tratar de uma mulher desacordada. À medida que vão procurando meios de como “ajudá-la”, acabam aprendendo e ensinando sobre o tema.

Dúvidas frequentes

Como agendar os projetos culturais?
Qual o mínimo de trabalhadores nos canteiros para realização dos projetos?
Os projetos têm custo?
Como obter informações sobre os passeios culturais?
Como participar do Campeonato de Futebol?
No SECONCI tem escola?

Downloads

Folder Cultura e Lazer