Comunicação

Gestão de pessoas no canteiro de obras

Aprimorar cada vez mais o gerenciamento das obras é um dos desafios dos gestores da construção civil. Garantir que as equipes executem o trabalho com precisão e sem atrasos faz parte dessa “missão”. E, nesse contexto, a gestão de pessoas no canteiro de obras desempenha um papel fundamental.

Este conceito está relacionado à aplicação de práticas que visam a potencializar o desempenho de colaboradores. Para isso, são dadas as condições necessárias para que se desenvolvam e se sintam motivados e engajados, o que gera aumento da produtividade, economia de recursos e redução de gastos. Em outras palavras, essas estratégias trazem uma série de benefícios que impactam diretamente a gestão de obras.

O que é gestão de pessoas?

Tudo que acontece no canteiro de obras deve ser organizado e bem gerenciado

A gestão de pessoas consiste em um conjunto de práticas com foco no desenvolvimento e no controle do capital humano da empresa. A aplicação dessas técnicas tem o objetivo de melhorar a satisfação e o desempenho dos colaboradores e, consequentemente, os resultados do negócio.

De acordo com esse conceito, gerir pessoas vai além de selecionar profissionais, definir escopos e metas, estabelecer fluxos e escalas de trabalho. Todos esses itens, assim como o respeito aos direitos trabalhistas, fazem parte do gerenciamento, mas não se trata apenas disso.

A gestão de pessoas na construção civil na prática

Seguir a legislação e cumprir as NR´s é obrigação das construtoras e incorporadoras. A gestão de pessoas envolve práticas complementares focadas em valorizar os funcionários e dar a eles boas condições de trabalho e crescimento.

Um dos pontos de partida para isso é a identificação de líderes que tenham empatia, ajam com transparência e demonstrem flexibilidade e abertura ao diálogo. Essas características são essenciais para mediar conflitos internos e criar um ambiente de trabalho acolhedor e saudável no canteiro de obras.

Outra questão importante quando se trata de gerir pessoas é o investimento na capacitação e no desenvolvimento dos profissionais. Um dos desafios do setor da construção civil é a falta de mão de obra qualificada, certo? Logo, contar com times treinados melhora significativamente a execução de uma obra.

Além de ser benéfico para a empresa, oferecer treinamentos e, ainda, a possibilidade de desenvolvimento dos colaboradores, é uma forma de valorização da equipe. Aqui temos uma das chaves da gestão de pessoas: fazer com que os funcionários se sintam parte da organização, independentemente da sua função.

Afinal, você concorda que a entrega de um empreendimento é resultado de um trabalho conjunto, no qual cada um cumpriu o seu papel, não é mesmo?

6 benefícios da gestão de pessoas para o gerenciamento do canteiro de obras

Por que você deveria focar em implementar práticas desse tipo na sua empresa? Na verdade, razões não faltam, muito pelo contrário. Em resumo, podemos dizer que o sucesso do gerenciamento da obra está diretamente ligado à forma como é feita a gestão de pessoas no seu negócio.

Nesse sentido, engajar os profissionais, proporcionando condições, crescimento e benefícios, ajuda, por exemplo, a reter talentos e evitar a rotatividade. Como sabemos, o famoso turnover, infelizmente, é muito comum nos canteiros de obras.

Da mesma forma, faltas e atrasos que prejudicam o andamento do trabalho são frequentes. Mas com funcionários motivados, esses índices também tendem a diminuir bastante.

Todos esses fatores e também outros efeitos da gestão de pessoas impactam positivamente o gerenciamento do canteiro de obras. Confira os 6 principais benefícios que ela traz:

1. Equipe mais satisfeita

Ao promover o entusiasmo, oferecendo benefícios, capacitação e contando com líderes empáticos, a empresa, evidentemente, aumenta a satisfação dos colaboradores. Isso faz com que eles tenham uma visão mais positiva do próprio trabalho e do contratante.

Ainda, quando se sentem realmente parte da equipe, os profissionais mostram mais comprometimento com o emprego e com a execução de suas tarefas. Para que a satisfação seja mantida, é importante que o gestor demonstre reconhecimento em relação aos feitos do time e de cada um dos seus integrantes.

2. Ganho de produtividade do time

Delegar responsabilidades e acompanhar o desempenho do trabalhador de perto também é parte da gestão de pessoas no canteiro de obras. Todavia, não é só isso que garantirá a produtividade da equipe.

É fato que um profissional que se sente estimulado a fazer o seu trabalho bem-feito é muito mais eficiente. Logo, será muito mais fácil manter um trabalhador focado em suas metas, se ele estiver satisfeito com a gestão.

Uma boa gestão de pessoas facilita o trabalho no canteiro de obras

Esses fatores garantem a realização de entregas de qualidade, dentro do cronograma e dos padrões exigidos. O aumento da produtividade também está relacionado à assiduidade, uma vez que afasta a necessidade de realizar novas contratações durante a construção.

3. Menos acidentes no canteiro

O trabalho na construção civil envolve alguns riscos, por isso, exige a garantia da segurança dos colaboradores. Essa preocupação, juntamente com contratação de um bom seguro de vida em grupo, define uma boa gestão de pessoas.

Além de cumprir as NRs, fixando sinalizações e impondo a utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Coletiva (EPC), é importante conscientizar sobre os perigos. Para tanto, o treinamento dos profissionais sobre o uso dos sistemas construtivos ajuda a evitar acidentes que geram multas, atrasam a obra e, o pior, colocam vidas em risco.

4. Melhor aproveitamento de recursos

Promover cursos de capacitação é relevante por vários motivos — um deles é ensinar sobre o uso consciente e otimizado de recursos. Com treinamento adequado, os profissionais aprendem a reduzir perdas que geram custos para a construtora.

Nesse sentido, a transparência na gestão, como já citamos, também tem um papel crucial, pois é interessante que os colaboradores conheçam a realidade da empresa. Assim, conscientes de toda estrutura necessária para uma construção, eles serão mais cautelosos em evitar desperdícios de materiais e insumos.

5. Redução de custos

O melhor aproveitamento dos recursos, a minimização de riscos no canteiro e o aumento da satisfação e da produtividade do time resultam, invariavelmente, em redução de custos. Portanto, o investimento em gestão de pessoas traz resultados concretos para o negócio.

Em contextos de crise, como o que vivemos atualmente, os gestores vêm sendo desafiados a fazer mais com menos. Em um planejamento estratégico com o intuito de superar esse momento e minimizar os prejuízos, o gerenciamento de pessoas pode trazer bons resultados.

6. Otimização da gestão

Todos os pontos que mencionamos até aqui contribuem para que o gerenciamento do canteiro de obras seja feito de forma mais otimizada. Como você pode imaginar, o sucesso da administração de um projeto de construção civil está relacionado com o engajamento e o desempenho dos colaboradores.

Uma equipe fortalecida e capacitada, que trabalha com foco e harmonia, simplifica a gestão de obras e evita problemas que podem atrasar as entregas. Estamos falando de ruídos de comunicação, faltas frequentes, desistências, má execução e necessidade de retrabalho. Todos os itens que podem afetar, e muito, o cronograma do projeto.

Conclusão

Vimos que, para executar um projeto, é necessário ter uma equipe qualificada, motivada e focada nas principais metas do planejamento. Ainda, que o desempenho de cada profissional refletirá no ritmo de andamento e na qualidade do empreendimento que será entregue no final.

A verdade é que uma construção não sai do papel sem que muitas pessoas se empenhem para isso. Isso significa que pensar em estratégias para engajar os profissionais e oferecer bons benefícios deve ser também um dos desafios dos gestores do segmento.

Portal Sienge