Segurança na volta ao trabalho presencial

Com a vacinação contra a Covid-19 avançando em todo o território nacional, muitas empresas começaram a instituir a volta ao trabalho presencial, até mesmo no modelo de operação híbrido. Segundo uma pesquisa recente da consultoria KPMG, 66,2% das empresas entrevistadas já voltaram ou esperam que isso ocorra até o final de 2021 e 33,8% preveem voltar ao trabalho presencial nos escritórios, apenas em 2022.

Se o distanciamento e o uso de máscaras continuam sendo primordiais nesse momento de transição, as condições de higiene no trabalho também são extremamente importantes para esse período. A seguir, confira algumas dicas de como garantir um retorno seguro a todos os trabalhadores.

Lugares Fechados

De uma forma geral, é importante verificar os locais e as situações de grande exposição – momento de colocar em ação a melhor máscara e usá-la adequadamente. De acordo com o epidemiologista Ethel Maciel, sempre que a pessoa estiver em um local fechado, sem ventilação ou com ar condicionado, ela está correndo mais risco. Por isso, não é a hora de tirar a máscara. Além de dar preferência aos melhores modelos, como a N95, é importante ter algumas unidades extras à mão, sempre utilizando a máscara de forma correta, rente ao rosto, sem vazamentos.

O elevador também exige atenção. Não é indicado entrar se ele estiver com a lotação máxima permitida em tempo de pandemia. O correto é que tenha marcações no chão para indicar quantas pessoas podem ficar nele e com distanciamento. Se houver a possibilidade de utilizar as escadas, melhor.

Todos são responsáveis

O funcionário faz a sua parte e a empresa também deve contribuir com regras e protocolos para conseguir manter a segurança coletiva. A disposição dos móveis deve estar a dois metros de distância entre as pessoas, principalmente quando não há ventilação. Caso a sala possua janelas, mantenha-as abertas para gerar circulação de ar no ambiente. Redobrar os cuidados com limpeza e esterilização dos ambientes também é fundamental.

Transporte

Ao sair de casa, os cuidados já devem começar. De carro, o indivíduo consegue se proteger melhor, mas, mesmo assim, é prudente chegar ao trabalho e lavar as mãos. Para quem anda de transporte público, esse hábito é ainda mais indispensável.

É importante sempre lembrarmos que a vacinação, mesmo sendo indispensável para a retomada das atividades presenciais, não garante que o vírus deixará de circular. As medidas sanitárias são também imprescindíveis para propiciar um ambiente saudável e seguro para trabalhadores e é responsabilidade das empresas oferecer recursos para que essa transição seja possível.

Protocolo Covid-19

Neste sentido, o Seconci-Rio, sempre atento ao cuidado com a saúde dos trabalhadores, elaborou o Protocolo Covid-19, para auxiliar empresas e trabalhadores a lidar com este momento de pandemia, contendo as medidas sanitárias preventivas necessárias nos canteiros e escritórios. Com a vacinação em curso, novas diretrizes estão sendo necessárias, então, foi realizada a atualização do documento. Confira aqui.

Com informações do Portal RH e Veja Saúde

Posted in Sem categoria